maconha cannabis cultivo indoor legalização

Assine nossa Newsletter. Mídia Independente!

Marcha da Maconha
1 2 3 4

Posts Recentes

domingo, 3 de junho de 2012

Zen Garden ♫✿



Faça parte do Diário da Erva postando matérias ou links sobre a MACONHA nos comentários abaixo.

7 comentários:

Anônimo disse...

Debate sobre maconha pode ser crucial para Obama no Colorado

Durante seu mandato, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, não foi exatamente um partidário dos usuários de maconha. Claro, ele reconheceu ter fumado a erva quando era jovem, mas decepcionou os defensores da droga e se opôs à sua legalização, em condições semelhantes às da regulação e taxação do álcool.

E a repressão do Departamento de Justiça sob seu mandato a usuários de maconha medicinais, permitidos por 17 estados e pelo Distrito de Colúmbia, deixou muitos outros contrários ao presidente.

Agora, com Obama tendo pela frente uma dura batalha contra o candidato republicano Mitt Romney no dia 6 de novembro, é irônico que suas chances de vencer em um estado-chave como o Colorado podem depender da legalização da maconha, defendida por um número cada vez maior de norte-americanos.

A questào é se Obama conseguirá votos de eleitores jovens, que devem estar entre os mais entusiastas partidários de uma iniciativa de votação no Colorado, que pode legalizar a posse de uma porção de maconha para uso recreativo, dando ao estado a legislação mais liberal em relação ao assunto em toda a nação.

A iniciativa é reflexo da combinação peculiar do Colorado de liberalismo e conservadorismo anti-regulação, que ajudou a tornar o estado o berço do Partido Libertário.

É um estado onde as pessoas de diferentes correntes políticas veem as leis sobre a maconha como um exemplo de governo que mete menos o seu nariz onde não é chamado.

O estado das Montanhas Rochosas já permite o uso de maconha para uso medicinal, como forma de alívio para dor extrema, e algumas comunidades abraçaram a droga de forma entusiástica.

É incerto, contudo, como o Departamento de Justiça dos EUA, liderado por Obama ou Romney, vai responder se Colorado, Washington e outros estados legalizem a maconha para uso recreativo. Ambos os candidatos são contra legalização da droga.

Mas, em uma eleição presidencial disputada, na qual o Colorado pode ser crucial, e com pesquisas demonstrando que Obama tem até 30 pontos percentuais de vantagem sobre Romney entre os eleitores com até 30 anos de idade, a iniciativa do estado pode ser um importante fator se inspirar grandes números de eleitores a irem às urnas no dia 6 de novembro.

“Esse é um assunto que é realmente significativo para os jovens, pessoas de cor e comunidades privadas de direitos, grupos que tipicamente não comparecem muito às urnas", afirmou Brian Vicente, 35 anos, diretor executivo da Sensible Colorado, um grupo que luta por leis mais brandas em relação à maconha.

diariodaerva.com disse...

PESQUISADORES CRIARAM MACONHA MEDICINAL QUE NÃO DEIXA CHAPADO

Israelenses criaram uma planta de maconha que parece com a normal, cheira como ela, mas não causa os mesmos efeitos da original. Segundo os pesquisadores, a cannabis modificada ainda não causa fome repentina para quem fumar. As informações são do jornal britânico Daily Mail, que cita o diário israelense Maariv.
A companhia Tikkun Olam criou a planta que anula os efeitos do tetrahidrocanabinol (THC) e ainda aumenta os efeitos do canabidiol, substância que tem sido associada a efeitos positivos contra doenças mentais. Segundo Tzahi Klein, chefe de desenvolvimento da empresa israelense, a planta é virtualmente idêntica à original.
"Ela tem o mesmo cheiro, formato e sabor da planta original, tudo igual, mas a sensação de entorpecimento à qual os usuários estão acostumados desapareceu", diz o pesquisador. Segundo Klein, muitas pessoas usam a droga como um forma de aliviar a dor de alguma doença. "Muitos dos nossos pacientes que testaram a nova planta voltaram e disseram: 'vocês me enganaram', já que eles acreditavam que tinham recebido um placebo."

Curta o Diário da Erva no facebook disse...

Ao contrário do que dizem, a descriminalização das drogas funcionou em todos os lugares que adotaram essa nova política

Eu não entendo onde alguns deputados, como Fernando Hugo (PSDB), querem chegar, para levar a diante as críticas e tentar barrar a proposta realizada pela comissão de juristas, que estão discutindo a tão falada reforma no código penal brasileiro, principalmente quando o assunto é descriminalização das drogas. A grande verdade é que tem um tanto de gente dando palpite neste assunto, mas sequer sabe o que é maconha. Além de demonizar a erva, ainda se utilizam de argumentos sensacionalistas e sem nenhum embasamento científico.

Não é de hoje que eu venho vendo deputados conservadores profetizando uma certa balela sobre a descriminalização das drogas. Primeiro, porque além de vir com a história que a maconha é porta de entrada para outras drogas, essa conversa que a descriminalização das drogas não deu certo em outros países é tremenda de uma mentira deslavada. Claro, se bem, que eu não poderia esperar outra coisa de um deputado, aliás, falar mentira é a principal característica desta raça inescrupulosa.

Usam-se diretamente o exemplo da Holanda, sem ao menos ter visitado o país. Essa coisa de que na Holanda não se conseguiu controlar o consumo de maconha é balela. Se formos analisar na ponta do lápis, o consumo de maconha do país e bem parecido com o do seus vizinhos europeus, tendenciando ainda a serem mais baixos. Ao contrário do que muitos dizem, a descriminalização da maconha na Holanda fez com que os holandeses conseguissem baixar as taxas de violências, suicídios e o melhor, cortaram de vez o usuário do ciclo da criminalidade. Com locais próprios para se vender maconha, a Cannabis não mais está no mesmo meio onde se encontra cocaína, heroína, ópio, crack, cortando de vez a balela dos proibicionistas e evangélicos, que insistem em dizer que ela é a porta de entrada para outras drogas.

Nos atentando especificamente a dados e não a suposições tendenciosas, vemos que Na Holanda, 9,5% dos jovens adultos consomem drogas leves uma vez por mês (Maconha e Haxixe), menos que na Itália (20,9%), França (16,7%), Inglaterra (13,8%) [ Todas com políticas proibicionistas igual ao Brasil]. Na Suíça, o número de usuários de drogas injetáveis, portadores de HIV, foi reduzido em mais de 50% em 10 anos através de políticas de assistência. A taxa de mortalidade por overdose entre usuários de drogas injetáveis caiu mais de 50% na última década. No Brasil, o percentual de adultos fumantes caiu pela metade, desde a política de conscientização do cigarro. Em 1989, 31% dos brasileiros fumavam regularmente. Hoje esse número é de 16,3%. O exemplo do cigarro é o mais claro para os brasileiros, que podem ver, que este tipo de campanha é muito mais eficaz que a proibição. A chave do sucesso não é prender e nem reprimir a droga em si, é proibir e reprimir o seu consumo em determinados locais, fazendo com que assim, existam lugares apropriados para que não incomode terceiros! Legaliza, Brasil!

Anônimo disse...

curti curtir curtir
dale

Paulo Marinho disse...

#OpRio++

Olá cidadãos do Brasil.

Qual será o entretenimento dessa noite? Carolina Dieckman pelada? Xuxa rainha dos baixinhos abusada?

Parece que a Globo e seus agentes de desinformação (também conhecidos como “atores”, “apresentadores” ou “globais”) estão cativando a atenção desses cidadãos para os assuntos da maior relevância! Enquanto a galera viraliza a pedofilia de pornoXanxada da Xuxa, o país continua afundando na lama, e o mundo caminha para o abismo.

Na Rio+20, a mídia corporativa vai encobrir as negociações dos “líderes mundiais” feitas às escuras. É preciso dilatar o livre fluxo de informações no cyberespaço. Não temos líderes. Nessa guerra de ideias que se auto reproduzem (memes), cada um de vocês é, ao mesmo tempo, soldado e general. Cada um de vocês é Anonymous.

Anonymous não oferece entretenimento. Anonymous busca o entendimento. Somos uma inteligência coletiva. Somos muitos, e somos Legião.

Anônimo disse...

Governador de Nova York propõe descriminalizar posse de maconha em público
Fonte: Terra

NOVA YORK, 4 Jun 2012 (AFP) -O governador do estado de Nova York, o democrata Andrew Cuomo, apresentou nesta segunda-feira uma iniciativa para descriminalizar o porte "em público" de maconha para uso pessoal, uma medida destinada a acabar com a discriminação contra latinos e negros.

De acordo com a iniciativa legislativa liderada por Cuomo, a posse em público de até 25 gramas de maconha será punida com uma multa de até 100 dólares, em vez de ser considerada uma contravenção, como é vista atualmente.

A legislação "irá punir a posse privada ou pública de pequenas quantidades de maconha da mesma maneira", indicou o gabinete do governador de Nova York em um comunicado.

A proposta foi apresentada em meio à polêmica provocada pelas prisões crescentes, principalmente de latinos e negros, durante controles espontâneos da polícia.

Em Nova York, a posse privada de até 25 gramas de maconha é punível com uma multa de 100 dólares, desde que não seja "exibida em público".

Ao realizar verificações nas ruas, a polícia de Nova York muitas vezes exige que a pessoa esvazie seus bolsos. Desta forma, a maconha carregada é "exibida em público", o que leva a uma prisão.

Nos últimos anos, as prisões por posse de pequenas quantidades de maconha aumentaram de cerca de 2.000 pessoas no início de 1990 para mais de 50.000 hoje, a maioria delas em Nova York, segundo dados oficiais.

"Essa nova lei vai salvar milhares de nova-iorquinos, que são de maneira desproporcional jovens negros e hispânicos, de serem punidos desnecessariamente", disse Cuomo, que apresentou a iniciativa em Albany, capital do estado localizado a cerca de 240 km ao norte Nova York.

A proposta do governador recebeu apoio imediato do prefeito Michael Bloomberg, que a caracterizou de "consistente", mas voltou a defender as ações da polícia de Nova York, notando que o crime foi reduzido em 35% na última década.

Como prova do apoio da cidade, o chefe da polícia de Nova York, o comissário Ray Kelly, estava com Cuomo na conferência de imprensa em Albany, assim como o juiz de Manhattan, Cyrus Vance J

Anônimo disse...

Manifestação em Campinas pede revisão em política sobre drogas
Fonte: G1

Passeata pede mudança na legislação sobre a maconha no país. Cerca de 150 pessoas saíram do Largo do Rosário em direção ao Cambuí.

Cerca de 150 pessoas saíram em passeata na tarde deste sábado (2) em Campinas (SP) para pedir uma revisão na política sobre drogas, especialmente a maconha. O protesto acontece em várias cidades brasileiras desde o ano passado, quando o Supremo Tribunal Federal (STF) liberou a "Marcha da Maconha".

Os participantes do protesto se encontraram às 14h no Largo do Rosário para produzirem as faixas e cartazes. Eles distribuíram flores para quem passava pelo local e um grupo de percussão animou o encontro.

Por volta das 16h, a marcha saiu da Avenida Francisco Glicério em direção ao Centro de Convivência Cultura. Agentes da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) e da Guarda Municipal acompanham o protesto, que contou com cerca de 150 pessoas.

Protestos
Além de Campinas, a Marcha da Maconha ocorreu simultaneamente neste sábado nas cidades de Campo Grande (MS), Florianópolis (SC) e Teresina (PI). As marchas foram liberadas pelo Suremo em junho do ano passado com base no direito à liberdade de expressão.

Postar um comentário


ESCREVA UMA SUGESTÃO INTELIGENTE AQUI.
Seu comentário faz nosso crescimento coletivo..

Você no Diário da Erva. BOA SORTE NO MUNDO NOVO !!

/

ASSUNTOS

# Frases de um maconheiro # maconha pelo mundo #Anonymous #AoVivo #ArteNaBlunt #AUTOFLOWERING #BadTrip #cannabidiol #CannabisSeeds #CatágoloMaconhaMedicinal #ClubeDeMaconha #DEBATE #DivasdaErva #Espiritual #GoodTrip #GrowerNãoEhTraficante #HighLife #Homenagem #HOUSEGROWER #kush #MarijuanaMedicinal #MidiaMaconha #NotíciasCannabicas #NovaOrdemMundial #Patrocinadores #Pictures #PlantasMedicinais #POSITIVISMO #QuemTemSeda? #Regulamentação #WeedDaily #weedtube 2PAC 420Friends 4i20 ALCOOL Amsterdam animais Arte Alternativa ATIVISTAS BALI_HAI_Paper Barcelona BaseadosPeloMundo Be Happy Tabacaria Belo Horizonte BemBolado Bezerra da Silva Bio Bizz biodegradável BobMarley Bolando 1 Baseado BONG Bongs-Pipes BRASIL_UM_PAÍS_DE_TODOS Brasília Buds Cabeça Ativa Cacife Clandestino Califórnia Campanha Nacional Pela Regulamentação da Maconha Canabinoides CANHAMO CANNABIS Cannabis Cup cannabis cura câncer Cannabis em Portugal Cannabis Medicinal CAPA DE REVISTA Carta Capital Casa CBD CDs COMPLETO CENTRO CERVEJA CHAPADO CharlieBrownJR CheechChong Chile Chimaruts CidadeNegra Ciência CINEMA Coca Coffee_Shop Coffee_Shop_diariodaerva.com cogumelos colirio ConeCrewDiretoria conexão Copa do Mundo Copacabana Cores Cozinha para Chapados CULINÁRIA E RECEITAS - Tudo Gostoso cultivo CULTIVO INDOOR CULTIVO OUTDOOR culto cannabico CULTURA CANNABIS MAGAZINE CULTURA_DEL_CANNABIS Curiosidade Curitiba Cypress Hill D.A.P Dab DAILY_WEED DalaiLama DANOS Democracia Dependência DEPOIMENTOS DESCRIMINALIZACAO DESENHOS Diário de uma Mente insâna DIARIO Dハーブ Diário Policial diariodaerva.com diários de cultivo DICAS DE CULTIVO dicas de viagens DireitosHumanos Discovery_Channel Diversão Documentários Dr.Drauzio DROGAS DROGAS LEGALIZADAS ð香草日報 Efeitos_das_drogas Efeitos_negativos_da_Maconha ELETRO Emicida Eminem entrevista Erba Quotidiano ERVA ervas legais Espanha Espécies ESPORTE_É_SAÚDE EVENTOS EXPO_CANNABIS fatos históricos Feminizadas Filipe_Ret FILMES COMPLETOS FILOSOFIA MODERNA FLORES Floresta_de_Luz FORFUN Fortaleza Fotos FOTOS CANNABICAS Fumaça FUTEBOL GabrielOPensador game Garota_da_Erva gifs GilbertoGil GlobalMarijuana.Support Gorillaz GREEN POWER Green_Drinks GROW GROW POWER GROWSHOP GUERRA AS DROGAS Hacker HAXIXE HEADSHOP Hemd Hemp Hierbas_Diaria HIGH TIMES HipHop História da Maconha History_Channel Hora do Chá humor Illuminatis incenso Indica indoor inspire-se Head Bazar Intervesão ipanema Jamaica Jardim Enteogeno Jardim Xamânico Jogos Olímpicos JorgeBenJor Justiça Kid Cudi Lapa larica LEAP LEAP BRASIL LEBLON legalização LEGALIZE LegalizeBrasil LegiaoUrbana Leis LIBERDADE LIVROS LSD MACONHA Maconha Cura Câncer maconha em Portugal maconha medicinal Maconha na Africa MACONHA NA AMERICA LATINA Maconha na Argentina Maconha na Asia Maconha na Europa Maconha na Holanda Maconha na Irlanda Maconha na Oceania Maconha no Brasil Maconha no Canadá Maconha no EUA Maconha no Oriente MACONHA NO URUGUAI 2012 MACONHA SINTETICA Maconheira's Online Maconheiro MACONHEIROS FAMOSOS Marcelo D2 MarceloD2 Marcha da Maconha Marijuana Mato Grosso do Sul meio ambiente Miley_Cyrus MITOS E VERDADES SOBRE DROGAS MODA HEMP MPB Mr.Catra MTV Mulher e Maconha mundo MÚSICA ALTERNATIVA MvBill NARGUILÉ NatGeo Natiruts NATURAL Natureza Divina New York Nicotina NOSSA ARTE NOSSAS VISITAS NOTICIAS ORappa Orgânico Oriente otíciasCannabicas outdoor PAPEL Para onde viajar? Paraguai Paralamas_do_Sucesso Parar de Fumar Paris PATROCINE O DIARIO DA ERVA Paulo_Coelho PENSAMENTOS PERGUNTAS Pessoas Petição_Pública Pitty Planet Hemp Plantação_de_Maconha Plantas Carnívoras PLANTAS PROIBIDAS plante tomate POLITICA Política Pública PontodeEquilibrio popipe PoPipe Head Shop POSITIVIDADE Pot in Rio Prazer Primavera 2013 Produtos Hemp PROMOÇÃO PROTESTO Psicodélico quem tem seda? RacionaisMcs Rainha da Erva Raiz Cultivo Indoor Rap Rastafari RAWnoBrasil Reggae RELAX Remédio Verde Renato_Cinco revolucionando Rihanna Rio ROCK Rússia SABOTAGEM Salve samba Santa Catarina São_Paulo Sativa saúde SE SEGURA MALANDRO Segurança_Pública SEMENTES SESSÃO SESSÃO FUMAÇA SethRogen SEXO SHOPPING DIARIO DA ERVA SHOWS COMPLETOS sk8 Skank skunk SnoopDogg Só para as meninas SOCIEDADE SOJA SOU A FAVOR DA MACONHA Style sublime sustentabilidade TABACARIA TABACO tattoo TEDx THC TheSimpsons Tillie_Gorts Tim Maia TIPOS DE MACONHA Titãs Top 10 fatos maconha Top das Marcas TRAFICANTES TV UFC Ultra420 Ultraeco UNIVERSO PARALELO URNA ONLINE URUGUAI 2012 Uruguay USUARIO Vaporizador videos Visão Ampla VOCÊ NO DIARIO DA ERVA Weed Song WizKhalifa



CONQUISTAR PESSOAS



 
Copyright © Diário da Erva. All rights reserved.
contato@diariodaerva.com