maconha cannabis cultivo indoor legalização

Assine nossa Newsletter. Mídia Independente!

Marcha da Maconha
1 2 3 4

Posts Recentes

terça-feira, 18 de março de 2014

DE OBESIDADE À DEPRESSÃO: 10 BENEFÍCIOS ASSOCIADOS À MACONHA MEDICINAL

Entre os principais riscos associados a maconha, estão males como perda de memória, asma, bronquite, câncer de pulmão e garganta, doenças cardíacas, aumento da pressão arterial e depressão. Muito se discute também sobre o seu poder de vício ou ainda um caminho para outras drogas.

Para os homens adeptos da maconha, as pesquisas nem sempre trazem boas notícias, já que vários estudos ligam o uso frequente da maconha com a redução da fertilidade. O consumo também já foi associado ao câncer no testículo e à redução dos níveis de testosterona, o que poderia provocar o crescimento das mamas.

DE OBESIDADE À DEPRESSÃO: CONHEÇA 10 BENEFÍCIOS ASSOCIADOS À MACONHA MEDICINAL

Por outro lado, alguns experimentos mostram que o tetraidrocanabinol (THC), que é o princípio ativo da maconha, entre outros componentes encontrados na maconha, pode ser um grande aliado no tratamento de doenças como câncer, problemas ligados à obesidade, depressão, entre outros. Confira abaixo, alguns estudos relacionados a maconha medicinal.

Obesidade
Dois componentes da folha da maconha seriam responsáveis por aumentar a quantidade de energia queimada pelo corpo humano, de acordo com pesquisadores ingleses. A descoberta poderia abrir caminho para novos tratamentos contra doenças ligadas à obesidade.

Testes em animais já mostraram que estes componentes podem ajudar a tratar diabetes tipo 2, além de ajudar a reduzir os níveis de colesterol na corrente sanguínea e de gordura em órgãos importantes, como o fígado.

Dores
Pesquisadores da Universidade de Oxford concluíram que a maconha pode reduzir o incômodo da dor. O THC, ingrediente psicoativo da planta, seria o responsável por tornar a dor mais suportável, no entanto, o alívio não foi comprovado em todos os pacientes analisados. Os resultados foram publicados no jornal científico Pain.

Depressão
Um estudo realizado no Centro Médico da Universidade de Utrecht, na Holanda, mostrou que o consumo de maconha pode ajudar no tratamento da depressão. Os resultados da pesquisa, confirmados por exames de ressonância magnética, mostraram efeito benéfico do THC, o principal componente psicoativo da planta, em regiões de processamento de emoção. O estudo consta na publicação europeia Neuropsychopharmacology.

Traumas
Uma pesquisa brasileira, feita na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), mostrou que um componente químico da maconha pode ajudar no tratamento das sequelas emocionais deixadas por traumas. Os experimentos mostraram que o canabidiol, um dos mais de 80 constituintes da Cannabis Sativa, ajudou animais a superar a ansiedade provocada por uma experiência traumática.

A simulação seria semelhante ao que acontece com uma pessoa que foi assaltada em uma determinada rua e fica com medo sempre que tem que passar pelo local. Em humanos, o tratamento é chamado de terapia de exposição e funciona mais ou menos da mesma forma. O canabidiol foi apontado como um facilitador deste processo de reaprendizado emocional.

Memória
O uso excessivo de maconha é frequentemente associado a problemas de memória, mas um estudo britânico provou que esta relação pode não ter fundamento. A pesquisa, feita com 9 mil pessoas, mostrou que os usuários de drogas ilegais ao longo da vida apresentaram melhores resultados em suas funções mentais do que os que nunca haviam experimentado nada.

A maconha foi a droga mais usada entre os participantes da pesquisa. Os resultados, no entanto, não excluem eventuais efeitos nocivos em alguns indivíduos que podem estar expostos a drogas durante longos períodos de tempo.

Esclerose múltipla
De acordo com a revista médica Journal of Neurology, Neurosurgery and Psychiatry, um estudo comprovou que o extrato da maconha possibilita atenuar a rigidez muscular em pacientes afetados por esclerose múltipla. Este sintoma, que afeta 90% dos portadores da doença, atrapalha a mobilidade e reduz a qualidade de vida.

Outro estudo publicado na revista da Associação Médica do Canadá (CMAJ) também relacionou a maconha ao alívio dos espasmos comuns às pessoas com esclerose múltipla, com a advertência de que os efeitos cognitivos se mostraram adversos.

No entanto, um estudo elaborado pela Escola de Medicina Peninsula, de Plymouth (sul da Inglaterra), mostrou que o consumo de cannabis não reduz a progressão da esclerose múltipla, apesar de aliviar alguns sintomas.

Um estudo feito com cerca de 500 pacientes com esclerose múltipla, medicados com pastilhas com tetraidrocanabinol (THC) – o princípio ativo da maconha –, mostrou que não houve nenhuma redução na evolução da doença.

Câncer de mama
Pesquisadores da Universidade Autônoma de Madri (UAM), da Universidade Complutense de Madri e do Centro Nacional de Biotecnologia, acreditam que os componentes ativos da maconha e seus derivados poderiam reduzir o crescimento do câncer de mama e a aparição de metástases.

Depois de testarem os efeitos da droga em ratos, eles constataram que os cannabinoides podem deter e acabar com as células derivadas de tumores de mama. A descoberta foi publicada na revista Cancer Cell.

Câncer na bexiga
De acordo com uma pesquisa feita em São Francisco, pessoas que fumam maconha podem estar menos propensas a ter câncer de bexiga do que aquelas que fumam cigarros.

Especialistas norte-americanos compararam o risco da doença em mais de 83 mil homens. O uso da maconha foi associado a uma redução de 45% na incidência de câncer de bexiga, enquanto o de tabaco foi relacionado a um aumento de 52% da condição no mesmo órgão. A ligação, no entanto, não prova uma relação de causa e efeito.

Um segundo estudo mostrou que um composto derivado da maconha poderia parar a metástase em muitos tipos de câncer agressivo, incluindo os de mama, cérebro e próstata.

Diabetes e artrite
Um tipo de maconha medicinal desenvolvida por cientistas da Universidade Hebraica de Jerusalém mostrou efeitos benéficos para doentes que sofrem de diabetes, artrite reumatoide e doença de Crohn.

Para conseguir o resultado, os especialistas neutralizaram a substância THC, que gera os efeitos cognitivos e psicológicos conhecidos como "barato". Segundo pesquisadores envolvidos no experimento, a segunda substância mais importante da cannabis - o canabidiol (CBD) - tem propriedades "altamente benéficas e significativas" para pacientes que apresentam este tipo de problema.

Tratamentos em crianças
A maconha também tem sido utilizada, em alguns países, em tratamentos para diversos tipos de doenças em crianças. Entre alguns casos, está o de um americano de 2 anos e 6 meses que, após passar por cirurgia para retirar um câncer na cabeça, começou a ser medicado com a droga durante a alimentação, como parte das medidas para evitar que o tumor retornasse.

Já no estado americano de Oregon, uma menina de 7 anos, vítima de leucemia, foi medicada com pílulas de cannabis para combater os efeitos da quimioterapia. A paciente notou melhoras no apetite e também na qualidade do sono.

No último mês de agosto, o estado americano de Nova Jersey anunciou que pode, em breve, oferecer acesso a maconha medicinal nos tratamentos infantis. A droga já é legalizada no estado para fins medicinais, mas a nova lei permitiria que cultivadores produzissem mais quantidades da droga, possibilitando o tratamento de mais pacientes.

Fonte: Maconha e saúde (Terra)

✔Curtir ✔Tweet ✔g+1 ✔Compartilhe!

Nenhum comentário:

Postar um comentário


ESCREVA UMA SUGESTÃO INTELIGENTE AQUI.
Seu comentário faz nosso crescimento coletivo..

Você no Diário da Erva. BOA SORTE NO MUNDO NOVO !!

/

ASSUNTOS

# Frases de um maconheiro # maconha pelo mundo #Anonymous #AoVivo #ArteNaBlunt #AUTOFLOWERING #BadTrip #cannabidiol #CannabisSeeds #CatágoloMaconhaMedicinal #ClubeDeMaconha #DEBATE #DivasdaErva #Espiritual #GoodTrip #GrowerNãoEhTraficante #HighLife #Homenagem #HOUSEGROWER #kush #MarijuanaMedicinal #MidiaMaconha #NotíciasCannabicas #NovaOrdemMundial #Patrocinadores #Pictures #PlantasMedicinais #POSITIVISMO #QuemTemSeda? #Regulamentação #WeedDaily #weedtube 2PAC 420Friends 4i20 ALCOOL Amsterdam animais Arte Alternativa ATIVISTAS BALI_HAI_Paper Barcelona BaseadosPeloMundo Be Happy Tabacaria Belo Horizonte BemBolado Bezerra da Silva Bio Bizz biodegradável BobMarley Bolando 1 Baseado BONG Bongs-Pipes BRASIL_UM_PAÍS_DE_TODOS Brasília Buds Cabeça Ativa Cacife Clandestino Califórnia Campanha Nacional Pela Regulamentação da Maconha Canabinoides CANHAMO CANNABIS Cannabis Cup cannabis cura câncer Cannabis em Portugal Cannabis Medicinal CAPA DE REVISTA Carta Capital Casa CBD CDs COMPLETO CENTRO CERVEJA CHAPADO CharlieBrownJR CheechChong Chile Chimaruts CidadeNegra Ciência CINEMA Coca Coffee_Shop Coffee_Shop_diariodaerva.com cogumelos colirio ConeCrewDiretoria conexão Copa do Mundo Copacabana Cores Cozinha para Chapados CULINÁRIA E RECEITAS - Tudo Gostoso cultivo CULTIVO INDOOR CULTIVO OUTDOOR culto cannabico CULTURA CANNABIS MAGAZINE CULTURA_DEL_CANNABIS Curiosidade Curitiba Cypress Hill D.A.P Dab DAILY_WEED DalaiLama DANOS Democracia Dependência DEPOIMENTOS DESCRIMINALIZACAO DESENHOS Diário de uma Mente insâna DIARIO Dハーブ Diário Policial diariodaerva.com diários de cultivo DICAS DE CULTIVO dicas de viagens DireitosHumanos Discovery_Channel Diversão Documentários Dr.Drauzio DROGAS DROGAS LEGALIZADAS ð香草日報 Efeitos_das_drogas Efeitos_negativos_da_Maconha ELETRO Emicida Eminem entrevista Erba Quotidiano ERVA ervas legais Espanha Espécies ESPORTE_É_SAÚDE EVENTOS EXPO_CANNABIS fatos históricos Feminizadas Filipe_Ret FILMES COMPLETOS FILOSOFIA MODERNA FLORES Floresta_de_Luz FORFUN Fortaleza Fotos FOTOS CANNABICAS Fumaça FUTEBOL GabrielOPensador game Garota_da_Erva gifs GilbertoGil GlobalMarijuana.Support Gorillaz GREEN POWER Green_Drinks GROW GROW POWER GROWSHOP GUERRA AS DROGAS Hacker HAXIXE HEADSHOP Hemd Hemp Hierbas_Diaria HIGH TIMES HipHop História da Maconha History_Channel Hora do Chá humor Illuminatis incenso Indica indoor inspire-se Head Bazar Intervesão ipanema Jamaica Jardim Enteogeno Jardim Xamânico Jogos Olímpicos JorgeBenJor Justiça Kid Cudi Lapa larica LEAP LEAP BRASIL LEBLON legalização LEGALIZE LegalizeBrasil LegiaoUrbana Leis LIBERDADE LIVROS LSD MACONHA Maconha Cura Câncer maconha em Portugal maconha medicinal Maconha na Africa MACONHA NA AMERICA LATINA Maconha na Argentina Maconha na Asia Maconha na Europa Maconha na Holanda Maconha na Irlanda Maconha na Oceania Maconha no Brasil Maconha no Canadá Maconha no EUA Maconha no Oriente MACONHA NO URUGUAI 2012 MACONHA SINTETICA Maconheira's Online Maconheiro MACONHEIROS FAMOSOS Marcelo D2 MarceloD2 Marcha da Maconha Marijuana Mato Grosso do Sul meio ambiente Miley_Cyrus MITOS E VERDADES SOBRE DROGAS MODA HEMP MPB Mr.Catra MTV Mulher e Maconha mundo MÚSICA ALTERNATIVA MvBill NARGUILÉ NatGeo Natiruts NATURAL Natureza Divina New York Nicotina NOSSA ARTE NOSSAS VISITAS NOTICIAS ORappa Orgânico Oriente otíciasCannabicas outdoor PAPEL Para onde viajar? Paraguai Paralamas_do_Sucesso Parar de Fumar Paris PATROCINE O DIARIO DA ERVA Paulo_Coelho PENSAMENTOS PERGUNTAS Pessoas Petição_Pública Pitty Planet Hemp Plantação_de_Maconha Plantas Carnívoras PLANTAS PROIBIDAS plante tomate POLITICA Política Pública PontodeEquilibrio popipe PoPipe Head Shop POSITIVIDADE Pot in Rio Prazer Primavera 2013 Produtos Hemp PROMOÇÃO PROTESTO Psicodélico quem tem seda? RacionaisMcs Rainha da Erva Raiz Cultivo Indoor Rap Rastafari RAWnoBrasil Reggae RELAX Remédio Verde Renato_Cinco revolucionando Rihanna Rio ROCK Rússia SABOTAGEM Salve samba Santa Catarina São_Paulo Sativa saúde SE SEGURA MALANDRO Segurança_Pública SEMENTES SESSÃO SethRogen SEXO SHOPPING DIARIO DA ERVA SHOWS COMPLETOS sk8 Skank skunk SnoopDogg Só para as meninas SOCIEDADE SOJA SOU A FAVOR DA MACONHA Style sublime sustentabilidade TABACARIA TABACO tattoo TEDx THC TheSimpsons Tillie_Gorts Tim Maia TIPOS DE MACONHA Titãs Top 10 fatos maconha Top das Marcas TRAFICANTES TV UFC Ultra420 Ultraeco UNIVERSO PARALELO URNA ONLINE URUGUAI 2012 Uruguay USUARIO Vaporizador videos Visão Ampla VOCÊ NO DIARIO DA ERVA Weed Song WizKhalifa



CONQUISTAR PESSOAS



 
Copyright © Diário da Erva. All rights reserved.
contato@diariodaerva.com